Quando tudo vier abaixo, toda dor desaparecer, todo medo morrer, toda angústia acabar

Praticamente não sobrará nada

Mero engano meu!?

Sobrará minha esquecida felicidade,

Meus sorrisos bobos, meu brilho no olhar.

Sobrará uma sublime vida de alegrias e travessuras

Um encanto de cores e de vida


Ah quando tudo vier abaixo minha vida irá começar

Novos papéis ei de empenhar, novas loucuras irei praticar, novas lágrimas irei derramar.

Novas idéias irei construir, novas alegrias iram me tomar

Novas brisas e curiosas tempestades iram me levar


Tão simples tudo será, quando tudo vier abaixo!

3 comentários:

Emilly disse...

Viva de modo que essa utopia seja mais que utopia, sonhe e realize-se, sua utopia virará vitória

Caio Gomes disse...

Parabéns pelo blog tá demais!
seguindo já!

SE der faz uma visita!

http://deixakieto.blogspot.com/

Post Novo, "Gambiarra não, Ajuste técnico!"
Show de bola vale a pena ler!

Suzy Carvalho disse...

belo texto, tem um ar de mudança, de recomeçar, talvez nao seja, mas me remeteu a isso. =)

Bjs

Postar um comentário