Aonde foi parar a luz do meu caminho?

Por onde seguirei, se seguirei? Não sei

Apagaram a luz,mudaram o caminho

Trocarem-me de lugar


Cadê minha paz, minhas forças onde foram parar?

Acelero os passos no escuro, corro, tropeço,

Me levanto

Olho pro breu a minha frente

Nada, silêncio e escuridão.

Uma lágrima rola pelo meu rosto

Volto a correr tropeçar e cair

Nada. Sozinha entre lágrimas e uma

Angustia que não para de crescer


Cadê o meu vestígio de esperança?

Cadê o brilho de vida?

Caio mais uma vez e fico de joelhos

Com as mãos no rosto

Pensando em como cheguei ali

Como cometi os mesmos erros,

Os mesmos tropeços, a única diferença

São as lágrimas que se renovaram

E as feridas que se criaram.


Entre várias dúvidas entre tanto medo,

Entre lágrimas e suspiros me levanto

E volto a correr, tentando sem medo

Viver.

5 comentários:

Higor disse...

gostei to seguindo

qualquer coisa
http://higor-68sp.blogspot.com/

Penedo Junior disse...

Estava com saudade de seus post...
Beijo grande!

TATI disse...

Gostei muito do seu post.

Jesielli disse...

oi!!!
tudo liindo poraqui, amei de verdade!
ja to te seguiindo, segue tbm...
da uma passadinha la no meu cantinho e comenta!...
mais uma vez ameeeei tudo aquii!..
bj bj bj

imPerfeitinha disse...

olá gostei muito deste cantinho aqui.. parabens
da ula ollhadinha la no meu. bjinhos

Postar um comentário