Momentos são breves ou eternos?

Com um estralar de dedos tudo muda

Pra pior ou melhor


Corre, o tempo passa tudo se transforma

Vira a página, muda-se o livro da vida


Voa as horas, os minutos, os segundos já se foram


Estrala-se os dedos

Tudo passa devagar

Gira e gira a roda da vida


Um estralar de dedos

Tudo para no lugar.

2 comentários:

Andrea Vaz disse...

Os ciclos da vida, eterna mudança!

Gostei do poema e do seu blog.

Tenha uma boa semana!

Emilly disse...

Somos sujeitos a mudança
seremos sempre nós mesmos
mas com a certeza de que nunca seremos iguais

Passos da evoluçao ...

Postar um comentário