Hoje fui ao asilo com o pessoal do Crisma visitar as vovozinhas, aquilo mexeu comigo.


Vendo o sofrimento daquelas mulheres que foram abandonadas por aqueles que elas geraram que elas cuidaram e protegeram, vivendo a espera sempre a espera, olhando a porta nos horários de visita com esperança no olhar. Uma esperança que se encera com o fim das visitas e que sempre volta no dia seguinte e no outro e no outro.


Meus olhos percorrem aqueles rostos com sorrisos esplendidos com a visita de simples desconhecidos, que estavam ali pra trazer algum conforto e para escutar o que elas tinham a dizer.


Me doeu ver aquelas pobres mulheres deitadas em suas camas, sem poder andar por causa da idade avançada, com machucados nos braços e feridas profundas no coração.


Contando como acabaram indo pro asilo, dizendo que seus filhos diziam que ia visitá-las e foram apenas nos primeiros meses, depois só apareciam no seu aniversario, depois eles sumiam no mapa, nem um telefonema, nada, apenas a solidão.


Olhando fotos, recordando os momentos de sua juventude que não voltaria mais, olhando a fotos de seus filhos não com rancor mais com esperança que um dia eles voltariam ali para buscá-las e levá-las para casa com eles.


Seus olhos se enchem de lágrimas ao ver um filho visitando sua mãe, vendo a alegria de sua nova amiga ali com seu filho ao lado, velando ela nem que seja por apenas por 1 hora de visita.


Queria fazer um apelo para aqueles que têm seus pais em algum asilo, vá visitá-los, cuide deles como eles cuidaram de você, ame-os da mesma forma que eles o amaram e muito mais.


Eles não querem muito, só querem que seu amado filho vá e sente ao seu lado e segure sua mão e diga: Eu estou do seu lado!!

6 comentários:

Bruna Venturini disse...

Nossa.. Parabéns por este post.. O mundo seria bem melhor se outras pessoas tivessem uma iniciativa como essa.. e um coração tbm..

Emilly disse...

Esta ai uma triste realidade do egoísmo, acho lastimável ouvir e saber q isso acontece.
Será possível que ignoramos td a dedicação q nossos pais nos deram em td nossa vida? será possivel q não bate no coração destes q abandonam um sentimento de ao menos gratidão, seus pais te deram vida, colo e atenção e é esquecendo-os no abrigo q vc agradece? Que esses filhos repensem ... e valorizem mais seus pais.

Profundo post =D Parabéns!!

Anjo Noturno disse...

Sò posso dizer parabéns...
PS: tenho medo da velhice
Bjão pro cê

Deane Castro disse...

Não que eu seja vingativa, mas justa; e acredito muito que o que aqui fazemos, aqui pagamos.
Se existem pessoas que não 'querem mais' os pais, logo logo vai chegar o dia em que os filhos farão a meesma coisa...
pois nada como um dia após o outro.
Gostei do seu relato, parabéns!
Abraço!

Chaveiirinho Roocha disse...

Eu sinto uma dor imensa quando vejo reportagens na Tv falando sobre os mals tratos e o abandono contra os idosos . não tive coragem e oportnidade de ir a um asilo ainda, mas quero muito ir para dar um conforto a eles pra ser pelo menos por um dia os netos e filhos que eles nunca tevem de verdade .
adorei a postagem parabéns!

Garota disse...

todo mundo devia visitar um asilo, um dia.
eu quero voltar em breve.

Postar um comentário